ESTAMOS TODOS EM ALERTA PARA O CORONAVÍRUS

Nesses momentos de incerteza, gostaríamos de comunicar as medidas que estão sendo tomadas no Hospital de Olhos Oeste Paulista para apoiar e assegurar suas consultas e cirurgias.

A medida que a situação em torno do COVID-19, a segurança de nossos pacientes e membros da equipe continua sendo nossa maior prioridade. Em resposta ao coronavírus, tomamos medidas adicionais desenvolvidas em consulta com autoridades de saúde pública locais e globais para tornar ainda mais rigorosos nossos protocolos de limpeza e higiene:

Nossas equipes do hospital estão recebendo instruções contínuas e protocolos operacionais aprimorados.

Aumentamos a frequência de limpeza de nossas áreas públicas (incluindo recepções, maçanetas, banheiros públicos, etc.) e disponibilizamos para nossos pacientes álcool gel em todos os departamentos.

É cedo para fazer e anunciar alterações ainda mais específicas, mas estamos comprometidos em compartilhar detalhes o mais rápido possível.

No Hospital de Olhos Oeste Paulista, acreditamos que é em tempos difíceis como esse, que o poder da hospitalidade é necessário. 

Orientações

A orientação é seguir a Etiqueta da Tosse. Veja as atitudes que ajudam na prevenção:

Sempre que necessário, higienize as mãos com água e sabão, ou álcool em gel 70%

Não toque nos olhos, nariz e boca sem higienizar as mãos

Evite contato próximo com pessoas doentes (até 1 metro)

Ao tossir ou espirrar, proteja as vias aéreas com o antebraço ou lenço descartável

Evite ambientes aglomerados. Fique em casa enquanto estiver doente

Utilize máscaras apenas se estiver com sintomas respiratórios, para evitar a contaminação de outras pessoas

Mantenha objetos e superfícies de uso comum higienizados

Se precisar viajar para locais com grande circulação do vírus, evite contato com pessoas doentes, animais, e transitar em mercados de animais

PROCURE UM HOSPITAL SE:

Apresentar esses sintomas – febre, tosse, congestão nasal, mal estar, dores no corpo, dificuldade para respirar ou dor de garganta:

  • E viajou nos últimos 14 dias para áreas de transmissão do novo Coronavírus (COVID-19);

  • OU teve contato com alguém que viajou para essas áreas de transmissão do novo Coronavírus (COVID-19) E que tenha apresentado sintomas da doença;

  • OU fez contato com alguém que já esteja confirmado com infecção pelo novo Coronavírus (COVID-19).