CENTRO DE DIAGNÓSTICOS COMPLETO E ATUALIZADO

Conheça alguns dos equipamentos de última geração que o HOOP oferece:


• HRA + OCT Spectralis: é um equipamento que representa a última geração de diagnóstico retiniano por imagem em oftalmologia. Ele compreende 6 diferentes exames: Retinografia Monocromática Digital, a Retinografia por Imagem Infra-Vermelha Digital, a Videoangiografia com Fluoresceína e com Indocianina Verde, a Autofluorescência e a Tomografia de Coerência Óptica de Alta Definição.

 

• Humphrey Field Analyzer: Campimetria computadorizada com estratégia Blue Yellow.

 

• IOL Master: é o mais avançado aparelho para calcular o grau das lentes para implante em cirurgia de catarata com método de não contato.

 

• Celmax: Biomicroscopia especular (exame de não contato): avaliação quantitativa e qualitativa das células endoteliais, responsáveis pela integridade e transparência corneana. Importante na avaliação pré e pós-operatória de cirurgias refrativas e de catarata e no acompanhamento de doenças corneanas e de usuários de lente de contato.

 

• Galilei: Tomografia corneana, paquimetrias, medidas da curvatura anterior e posterior da córnea, índices de probabilidade de ceratocone além de tomografia da câmara anterior. O formador de imagens Plácido proporciona dados de curvatura de alta precisão e o formador de imagens Schweimpflug é responsável pela obtenção de dados precisos  de elevação. Sua alta tecnologia forma também a base para se obterem informações consistentes e de diagnóstico combinado a partir de um único conjunto de dados de medição fundidos.

• Biômetro Nidek Al-Scan: A Biometria Óptica Nidek é utilizada para medir o comprimento axial do olho e de suas estruturas internas. O objetivo é o cálculo preciso das lentes intraoculares, implantadas principalmente em procedimentos para correção de catarata.

• Topcon DRI OCT: O sistema Triton Plus de fonte varrida OCT. A fotografia do fundo de ambos os olhos revela edema do disco óptico juntamente com descolamento exsudativo do polo posterior. uma angiografia da OCT (imagens da fileira superior) mostra áreas de edema microvascular ao nível do plexo coróide. O plexo capilar superficial mostra uma diminuição da zona avascular foveal (seta).